Técnicas especializadas

A nossa equipa técnica está capacitada a dar resposta a pesquisas quantitativas e qualitativas e com experiência nas seguintes técnicas especializadas:

ESTUDO DE HÁBITOS DE CONSUMO

O objectivo do estudo de hábitos de consumo é a delimitação e descrição da clientela de um produto ou marca a nível de cada segmento da população, ou seja, a descrição dos hábitos de consumo/posse de um determinado produto ou marca.


ESTUDOS DE AUDIÊNCIA

Os Estudos de Audiência ou Estudos de Meios são a base do planeamento de campanhas de publicidade, facilitando a informação necessária para seleccionar o melhor veículo transmissor de uma mensagem ou o melhor conjunto de veículos, dentro todos os possíveis.


ESTUDOS DA MARCA

A marca é como que um rótulo, que oferece segurança ao comprador, ajudando-o a escolhê-la ou a rejeitá-la, em função dos estímulos que recebe e da confiança que nela deposita, recomendando mesmo as de que gosta.


ESTUDOS DE IMAGEM E POSICIONAMENTO

Os estudos de imagem revelam, num dado instante, as diferentes características ou atributos que configuram a imagem, bem como a importância de cada uma delas.

O posicionamento da marca é um conceito de estratégia, indicativo da forma como o gestor de marketing pretende que ela seja conhecida pelo público consumidor. Toda a marca tem o seu posicionamento e, mesmo que o gestor o não defina, os consumidores encarregam-se de o fazer.


ESTUDO SATISFAÇÃO DE CLIENTELA

A satisfação do cliente e a sua medição é, cada vez mais, um instrumento fundamental de gestão das empresas e organizações, na medida em que pode ajudar a fortalecer uma relação entre a empresa, a marca ou a instituição e os seus clientes.


SEGMENTAÇÃO DO MERCADO

A segmentação do mercado permite definir o target ou público-alvo do produto ou marca, adaptar a oferta a este público-alvo, identificar os actuais e potenciais consumidores, as oportunidades/necessidades não satisfeitas e os riscos.


ESTUDOS BUSINESS TO BUSINESS (B2B)

Os estudos B2B analisam mercados de produtos em que os compradores são empresas e não particulares.


TESTE DE CONCEITO

O objectivo deste tipo de teste é determinar se o conceito é compreendido pelos consumidores potenciais, se há algo a corrigir, se vai de encontro às necessidades de alguns segmentos ou qual a preferência de alternativas.


TESTE DE NOME OU MARCA

O objectivo deste teste é determinar o nome ou marca mais adequada para um produto ou serviço, de acordo com pressupostos definidos, a partir de nomes já criados ou incluindo a sua criação.


TESTE DE EMBALAGEM

A embalagem é tão importante quanto o produto, o preço, a publicidade e a distribuição no marketing-mix da marca. «O que não se vê… não se compra» é uma frase feita, mas muito real.

Os aspectos a testar numa embalagem são de funcionalidade, impacto, persuasão e comunicação.


TESTE DE MERCADO

O teste de mercado, também conhecido por teste de marketing, é o último teste a aplicar, antes do lançamento definitivo do produto, funcionando como um seguro para diminuir o risco desse lançamento, ainda que o seu custo seja elevado.


TESTE DE ACEITAÇÃO

Esta técnica especializada consiste em fazer ensaiar o produto pelo público-alvo em condições tão próximas quanto possível da realidade de consumo ou uso, para avaliar em que medida o novo produto é aceite pelo target a que se destina, independentemente do seu preço e das condições da sua comercialização.


TESTE DE PREÇO

Para apurar a sensibilidade ao preço, é necessário saber qual é aquele que o consumidor está disposto a pagar pelo produto e para avaliar a importância do mercado é necessário saber as quantidades que pensa comprar.


PRÉ TESTE DE ANÚNCIO

Na preparação e planeamento de uma campanha publicitária, tem-se que tomar uma série de decisões. Estas decisões implicam um Risco. Para cobrir este risco é preciso um Seguro que é o Pré teste, que reduz, mas não elimina o risco.

Numa primeira fase da companha, com recurso a story board, realizam-se para avaliar da capacidade de despertar a atenção, compreensão e credibilidade da mensagem e, uma vez seleccionado o conceito e definida a estratégia, numa segunda fase da etapa criativa, para determinar a compreensão da mensagem, o grau de impacto e o nível de persuasão que conseguirá.


ESTUDO DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO E EFEITO DE UMA CAMPANHA DE PUBLICIDADE

A eficácia de uma campanha de publicidade pode ser analisada segundo duas ópticas: o seu impacto e o seu rendimento ou efeito.


CLIENTE MISTÉRIO

Como o próprio nome sugere, esta técnica leva em conta a presença de um pesquisador “disfarçado” de cliente, caracterizado de acordo com o perfil do estabelecimento em avaliação. Com o apoio de um guião memorizado, o pesquisador observa e simula uma série de procedimentos de compra. Dependendo do estabelecimento, dos produtos e do tipo de contratação técnica, a avaliação termina com a compra concluída. Quando possível, todo o processo de campo é gravado discretamente em áudio e vídeo. Este tipo de pesquisa traça um perfil do desempenho e do atendimento da loja, resultando em diversos processos de decisões e, principalmente na formulação e formatação de um treinamento para a equipa do estabelecimento.


PAINEL DE CONSUMIDORES

Os painéis de consumidores são estudos realizados por observação, ao longo do tempo, com carácter repetitivo, sobre uma mesma amostra de consumidores, para medir, de forma precisa, volumes de mercado e a sua evolução, em função das características do consumidor.


ESTUDO SOBRE A CLIENTELA DO PONTO DE VENDA

Este tipo de estudo visa definir o perfil da clientela de pontos de venda e determinar a zona geográfica de influência dos estabelecimentos comerciais em análise.


ESTUDO DO COMPORTAMENTO NO PONTO DE VENDA

O estudo do comportamento do consumidor/comprador no ponto de venda persegue dois tipos de objectivos: a definição da categoria do produto na perspectiva do consumidor/comprador e o conhecimento do comportamento de compra.


ESTUDO DE LOCALIZAÇÃO DE PONTO DE VENDA

O estudo de localização de um ponto de venda é fundamental para o seu sucesso, em termos de volume de vendas.

A melhor localização dum ponto de venda será função do tipo de estabelecimento que se pretende abrir, dos tipos de produtos que se pretende comercializar, da sua capacidade de atracção e outros factores.


ESTUDO SOBRE A ESTRUTURA DA DISTRIBUIÇÃO

Os objectivos principais deste tipo de estudos são o conhecimento mais detalhado da distribuição de produtos e marcas em áreas geográficas de dimensão reduzida e adaptação dessas áreas a delegações do fabricante ou armazenista; conhecimento da importância dos pontos de venda onde as marcas e formatos estão presentes.


ESTUDOS SOBRE A QUALIDADE DO PONTO DE VENDA E POLÍTICA DE VENDA

Com este tipo de estudo, pretende-se conhecer e caracterizar objectivamente os pontos de venda no que se refere a localização na área, ambiente, acesso, imagem, modernização, área, concorrência, obter informação sobre as variáveis de mechandising e também, se o ponto de venda for tradicional, analisar a relação vendedor-cliente no acto de venda-compra.


PAINEL DE RETALHISTAS

O painel de retalhistas é um estudo longitudinal. De carácter quantitativo, que detecta as grandes tendências dos canais de distribuição, funcionando como um seu barómetro.

Um dos grandes benefícios deste tipo de estudo é a existência de uma amostra constante ao longo do tempo, o que permite uma maior aferição das tendências de vendas dos mercados estudados, bem como variáveis que são reportadas neste tipo de painel.


ESTUDOS DE OPINIÃO PÚBLICA

O objectivo principal dos estudos de opinião pública é a descrição de temas tais como os problemas que preocupam os indivíduos, situação económica do país, o aborto, o imposto sobre as transacções financeiras, do julgamento da acção governamental, a intenção de votar, etc., etc. e a explicação ou compreensão das estruturas de opinião, tendo em conta que uma tendência de opinião, ainda que pareça acidental, pode ter raízes profundas na mentalidade da população.


SONDAGENS ELEITORAIS

Os objectivos das sondagens eleitorais centram-se na determinação do conhecimento e recordação de candidatos, da recordação de mensagens, dos pontos fortes e fracos das diferentes opções partidárias e políticas dos candidatos, na intenção de voto e na força de voto.


ETNOGRÁFICA

A imersão etnográfica é ideal para o objectivo de mapear dados que estão além do discurso (ex.: a utilização de um ingrediente no preparo de refeições por uma dona de casa; como é feito um processo de trabalho de um pintor – se ele lê o rótulo da tinta, etc.; a relação de marcas com vestuário – para ver no armário que marcas e roupas a pessoa possui; os produtos de beleza que possui e o modo como os guarda e os aplica; como as pessoas mais velhas utilizam o computador, etc.). Também é indicada para pesquisar assuntos mais delicados, como o comportamento financeiro de um endividado. Em geral, tem a duração de 4, 6 ou 8 horas, dependendo da complexidade do assunto. Junto à observação, acontece uma conversa do pesquisador com o entrevistado sobre o tema do estudo.


VISITAS A LARES

Esta técnica permite que profissionais das áreas de desenvolvimento de produto e marketing, observem os hábitos dos consumidores nos seus próprios lares. O objectivo é verificar e avaliar os processos de uso de diversos tipos de produtos: limpeza do lar, cuidados com a roupa, preparo de alimentos, cuidados com os bebes e crianças, cuidados com higiene pessoal e estética, etc. Esta técnica permite possíveis adequações físicas no produto e na embalagem. As visitas aos lares são pré-agendadas e envolvem de 1 a 3 horas de duração.


PESQUISA DOCUMENTAL

A maioria dos estudos necessita de um trabalho de levantamento preliminar de dados secundários (desk research). Este levantamento é realizado junto de diversos órgãos oficiais e entidades sectoriais.


CONTAGEM DE EVENTOS

Esta técnica na realidade é um levantamento ou contagem de eventos, realizado através da observação e registo de informações de transeuntes, veículos ou equipamentos urbanos, seja de carácter público, empresarial ou domiciliar. Normalmente usa-se esta técnica quando queremos saber, por exemplo, qual o número diário de frequentadores de um centro comercial, ou qual o número de consumidores que foram atraídos por uma promoção em um supermercado, ou quantos supermercados, farmácias, postos de abastecimento, etc. existem em uma determinada região geográfica.