Metodologia Qualitativa

Apresentação

Esta metodologia possibilita a análise de questões subjectivas que afectam o consumidor, investigando “o que” e “como” ele percebe, pensa, sente e se relaciona com produtos, marcas, etc.

A pesquisa qualitativa tem por propósito entender o escopo e a complexidade das actividades e preocupações do consumidor e conhecer melhor os aspectos que não podem ser observados e medidos de forma objectiva, estudando os sentimentos, sensações, percepções, pensamentos, intenções, comportamentos passados, entendimento de razões, significados e motivações.

Técnicas de recolha

Focus Group/ Grupos de Discussão – as sessões de Focus Group (ou Grupos de Discussão), são realizadas em salas de reuniões com acomodação média de 10 pessoas. Essa estrutura é composta por uma segunda sala conjugada, dotada de um espelho “one way” (ou circuito interno de TV se realizado fora das nossas instalações), permitindo a observação por parte da equipe que acompanha o trabalho ou mesmo pelo cliente. As sessões são gravadas em áudio para posterior transcrição. As reuniões são conduzidas por uma moderadora orientada por um guião pré-definido com os temas que devem ser abordados. Mais informações sobre os nossos Focus Group.

Keyresearch - Sala Focus Group

Entrevista em Profundidade – a pesquisa em profundidade é realizada através de entrevistas pessoais, normalmente gravadas em áudio, onde o pesquisador, com habilidade, envolve o entrevistado a manifestar não só as suas opiniões, mas um conjunto de ideias e valores que as sustentam.

Cliente Mistério – como o próprio nome sugere, esta técnica leva em conta a presença de um pesquisador “disfarçado” de cliente, caracterizado de acordo com o perfil do estabelecimento em avaliação. Com o apoio de um guião memorizado, o pesquisador observa e simula uma série de procedimentos de compra. Dependendo do estabelecimento, dos produtos e do tipo de contratação técnica, a avaliação termina com a compra concluída. Quando possível, todo o processo de campo é gravado discretamente em áudio e vídeo. Este tipo de pesquisa traça um perfil do desempenho e do atendimento da loja, resultando em diversos processos de decisões e, principalmente na formulação e formatação de um treinamento para a equipa do estabelecimento. Mais informações sobre o Cliente Mistério.

In-Home Visits/ Visitas a Lares – esta técnica permite que profissionais das áreas de desenvolvimento de produto e marketing, observem os hábitos dos consumidores nos seus próprios lares. O objectivo é verificar e avaliar os processos de uso de diversos tipos de produtos: limpeza do lar, cuidados com a roupa, preparo de alimentos, cuidados com os bebes e crianças, cuidados com higiene pessoal e estética, etc. Esta técnica permite possíveis adequações físicas no produto e na embalagem. As visitas aos lares são pré-agendadas e envolvem de 1 a 3 horas de duração.

Etnográfica – a imersão etnográfica é ideal para o objectivo de mapear dados que estão além do discurso (ex.: a utilização de um ingrediente no preparo de refeições por uma dona de casa; como é feito um processo de trabalho de um pintor – se ele lê o rótulo da tinta, etc.; a relação de marcas com vestuário – para ver no armário que marcas e roupas a pessoa possui; os produtos de beleza que possui e o modo como os guarda e os aplica; como as pessoas mais velhas utilizam o computador, etc.). Também é indicada para pesquisar assuntos mais delicados, como o comportamento financeiro de um endividado. Em geral, tem a duração de 4, 6 ou 8 horas, dependendo da complexidade do assunto. Junto à observação, acontece uma conversa do pesquisador com o entrevistado sobre o tema do estudo.

Shop along/ Momento da Compra – observação e análise do consumidor no ponto de venda. Esta técnica consiste no recrutamento, agendamento, observação e entrevista pessoal junto a consumidores em todo o processo de compra. O trabalho de campo é conduzido por uma equipa de 2 profissionais da Keyresearch Angola para cada entrevistado. Esta pesquisa, permite avaliar o comportamento do consumidor em diversas fases de compra: na preparação e definição do que pretende comprar (compra planeada); Na escolha do ponto de venda; Estímulos percebidos no ponto de venda (merchandising, promoção, exposição, etc.); compras por impulso; processos de escolha e compra; processos de pagamento.

Técnicas Projectivas – as técnicas projectivas baseiam-se no conceito de que os indivíduos nem sempre conseguem verbalizar tudo aquilo que pensam ou sentem sobre determinado objecto/situação/processo. Desenhos, associações, complemento de histórias e narrativas na terceira pessoa são meios que facilitam a obtenção de informações delicadas ou de difícil verbalização por parte do entrevistado.

CONTACTE-NOS

Siga-nos/Follow us: